OXUMTEC beneficia mães de estudantes do Oguntec

  • Home
  • Notícias
  • OXUMTEC beneficia mães de estudantes do Oguntec
OXUMTEC beneficia mães de estudantes do Oguntec

OXUMTEC beneficia mães de estudantes do Oguntec


O Instituto Cultural Steve Biko lança nesta semana o Projeto OXUMTEC. O objetivo do projeto é dar apoio psicossocial e socioeconômico às mães de estudantes do Programa OGUNTEC - iniciativa de fomento à ciência, tecnologia e inovação para jovens negros e negras de escolas públicas que é mantida pelo Instituto Cultural Steve Biko.

O nome do projeto Oxumtec faz alusão a uma importante divindade da religiosidade de matriz africana, OXUM, entidade associada à capacidade de liderança e empatia das mulheres.

As ações do projeto Oxumtec serão direcionadas para 100 mães de estudantes do programa Oguntec, com vistas a promover o empoderamento social, emocional, político e econômico dessas mães para que possam superar desafios impostos pelo racismo e sexismo estruturais, bem como, possibilitar a elas uma participação qualificada e ativa no projeto político-pedagógico do Oguntec e, consequentemente, contribuir para a melhoria do rendimento educacional dos seus filhos e filhas.

Sobre o Oguntec: Desenvolvido pelo Instituto Cultural Steve Biko desde 2002, o Oguntec é um programa pioneiro no Brasil no fomento à ciência, tecnologia e inovação para jovens negros e negras de escolas públicas. Essa atuação inovadora foi reconhecida, dentre outras formas, com a aquisição do XXIII Prêmio Nacional Jovem Cientista em 2008, recebido pela estudante egressa do Instituto Cultural Steve Biko, Sheila Regina, cujo artigo vencedor teve como objeto o programa Oguntec. 

De acordo com a Diretora Pedagógica, Jucy Silva, o Instituto Cultural Steve Biko tem uma tradição de envolver as famílias dos estudantes no processo educativo. “São gerações de famílias que já passaram pelos projetos do Instituto e o engajamento da família, de fato, faz muita diferença no desempenho dos estudantes e, esses, por sua vez, influenciam as famílias. Nesse processo vale destacar o papel das mães, muitas das famílias são chefiadas por mulheres”. 

A percepção dos organizadores do Oxumtec é de que a vulnerabilidade social e econômica, têm sido importantes motivadoras da evasão de jovens do programa na medida em que são impelidos a ingressar de forma precoce no mercado de trabalho, pressionados pelas famílias que, por falta de uma orientação sobre como superar os desafios sociais e econômicos que impactam na trajetória educacional de seus filhos, terminam por contribuir com a evasão dos estudantes. 

Atualmente, o Oguntec está presente em 10 escolas públicas estaduais situadas nas cidades de Salvador, Ilha de Vera Cruz, Lauro de Freitas, Camaçari e Cruz das Almas. São 100 jovens, 10 em cada escola. Sendo assim, a perspectiva com o projeto Oxumtec é de contemplar as mães desses 100 jovens. 

Como contribuir 

O OXUMTEC será realizado com o apoio financeiros da Coordenadoria Ecumênica de Serviços (CESE) que, a partir da metodologia designada “Dupla Participação”, garantirá metade dos recursos necessários ao desenvolvimento da versão piloto do nosso projeto que terá uma duração de 03 (três) meses e está orçado em R$ 20.000 (vinte mil reais). A outra metade do recurso correspondente a R$ 10.000,00 (dez mil reais) será captada a partir da sua contribuição, nosso apoiador, que poderá encaminhar um PIX com a quantia que desejar e direcionada à Conta bancária do nosso Instituto. Todo o recurso capitado será empregado especificamente nesse projeto.

Apoie nosso projeto “Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela”. (Angela Davis).

CONTA BANCÁRIA 
Instituto Cultural Steve Biko
Banco do Brasil (001)
Agência: 1602-0
Conta corrente: 116340-X

CHAVE PIX
financeiro@stevebiko.org.br 



Parcerias